Bom dia, eu sei que vocês estão aí

Vaia cearense, disputa do voto nordestino e um balaio sortido de informação pra ninguém botar defeito

Oi, minha gente, como vocês estão?

Certamente estaríamos melhor se o Brasil colaborasse e se o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, decidisse limpar a gaveta onde jazem mais de 130 pedidos de impeachment contra Bolsonaro. Enquanto isso, vamos nos agarrando nas pequenas alegrias, como o avanço da vacinação nos estados, e nos divertindo com as cenas do presida acenando para ruas vazias durante sua passagem por Juazeiro do Norte, no Ceará. Qualquer semelhança com a cena do filme Bacurau, onde o prefeito corrupto Tony Jr. fala para um total de zero pessoas não é mera coincidência. Coisas que só o Nordeste faz por você.  

Nesta edição #19, trazemos conteúdos que mostram a disputa pelos votos nordestinos entre Bolsonaro e Lula, que também está realizando viagens pela região. Nosso balaio  novamente te entrega diversidade de temas, que vão desde segurança pública e política até meio ambiente, cultura e esportes. A gente gosta de frisar sempre que os conteúdos produzidos pelo jornalismo independente no Nordeste não podem ser reduzidos na caixinha da “pauta regional”. Nossas pautas são plurais e nacionais. 

Antes de ir para a curadoria, queremos fazer um agradecimento bem especial para as pessoas que estão contribuindo com a nossa campanha de financiamento recorrente. Temos planos e sonhos grandes como nossa região, que estão sendo construídos, pouco a pouco, com o apoio de cada um de vocês.  Obrigada por acreditarem que é possível combater estereótipos e reinventar o Nordeste na mídia, valorizando o conteúdo jornalístico local de qualidade e celebrando a pluralidade de temas e de vozes. Se tu acreditas nesses objetivos, vem também pro nosso plantio!

Um beijo com gosto de doce de caju para nossas apoiadoras e apoiadores Luizy Silva, Lilian Alves, Jéssika Lima Santos, Tomás Shoji Miyashiro, Luiz Denis Graça Soares, Sérgio Spagnuolo, Vilma Santos, Juliana Moisés Dias Gomes, Vitória Real, Jorge Wakabara, Cristiano Ferraz, Luis Felipe Cruz Santos, Livia Lima da Silva, Paulo Veras, Marcilio José de Sousa Costa, Karl Vandesman de Matos Sousa, Carlos Eduardo Falcão Luna, Alice Cristiny Ferreira de Souza, Maia Gonçalves Fortes 😘 🧡

Sirva-se!

Com quantas vaias cearenses se faz um impeachment?

Bolsonaro  foi chamado de genocida e desprezado pela população de Juazeiro do Norte, no Cariri cearense, durante visita no dia 15 de agosto. Depois de acenar para nada e ninguém, completou o fiasco criticando os governadores que decretaram lockdown para conter o avanço da pandemia e desrespeitando as medidas de saúde estaduais, como o uso de máscaras. A agência Saiba Mais mostrou que o forro de uma das casas populares entregues pelo presidente desabou dois dias depois da ida dele à cidade. Vaia cearense nele iiiiiiiiiieeeeeeiiiiiii!

Disputa pelo voto nordestino

O  ex-presidente Lula, que é pernambucano, também anda visitando o Nordeste. A terra natal foi escolhida como ponto de partida de uma série de debates e de costuras para apoios políticos à sua candidatura na região. O encontro no Recife marcou a reaproximação entre o PSB e o PT, depois da disputa agressiva entre os primos João Campos (PSB) e Marília Arraes (PT) para a prefeitura da capital. A Marco Zero Conteúdo  destacou críticas de Lula à participação de militares no governo. “A democracia não comporta o estado civil governado por quase seis mil militares que ocupam postos de confiança no governo Bolsonaro”, disse.  

Para ir além no debate político 

Com Bolsonaro no poder, já deu pra saber quais são os perigos de só reproduzir críticas rasas a "tudo que está aí" na política, né? Pois o Prosa Nordestina Podcast preparou uma temporada especial com jovens de todo o Brasil que não reproduzem discursos generalistas e estão fazendo a diferença na política eleitoral, partidária e institucional.

Sem tirar os fones de ouvido, a gente também recomenda um episódio dAs Cunhãs Podcast para entender o pacote que pode alterar completamente o sistema político e eleitoral do país. As mudanças, infelizmente, não são boas.

CASTANHAS

Oportunidade - Jornalistas e estudantes de comunicação de todo o país e do exterior podem participar do curso de Jornalismo Local promovido pela Abraji. O curso será online, gratuito, e terá duração de 12 semanas. O início das aulas será em 6 de setembro de 2021. Inscrições até 31 de agosto no formulário.

Para refletir - “É uma constatação desconcertante perceber que não somos o que imaginamos ser.” Vale ler o ensaio sobre o equilíbrio entre a busca da vida com todos os seus riscos e a fuga da própria aniquilação, assinado pela editora do Bemdito, Juliana Diniz.

Para ouvir - Após 36 anos de história, o grupo de Tambor de Crioula Brinquedo de São Benedito realizou o sonho de gravar o primeiro CD. O disco Resistência e Tradição foi lançado no dia 8 de dezembro pela distribuidora francesa Believe e está disponível em mais de 250 lojas digitais.

Podcast nas ruas - mulheres do bairro de Alto das Pombas, em Salvador (BA), usam um carro de som para transmitir aos moradores seu podcast sobre cuidados com saúde e bem-estar. Gostasse? 

Patrimônio

Mãe Beth de Oxum foi a primeira ialorixá a receber o título de patrimônio vivo de Pernambuco. Mestra da cultura popular, comunicadora, cantora e ativista, Mãe Beth é uma das seis contempladas na edição 2021, segundo reportagem do Alma Preta Jornalismo em Pernambuco.

Falando em mulheres incríveis, a paraibana Margarida Maria Alves é um dos maiores símbolos brasileiros da luta pelas trabalhadoras e trabalhadores rurais no Brasil. Ela foi assassinada cruelmente na porta de casa há 38 anos, a mando de fazendeiros, no dia 12 de agosto. A data foi instituída com o Dia Nacional dos Direitos Humanos e é motivo de resistência e de relembrar sua fala: “É melhor morrer lutando do que morrer de fome”.

Margarida morreu e milhares de outras margaridas florescem todos os dias. Uma delas é a repentista Soledade Leite, de Alagoa Grande, amiga e conterrânea de Margarida Alves. O podcast Cirandeiras fez um episódio sobre o repente e a história de Soledade que também passa pelo Movimento das Trabalhadoras Rurais do Nordeste (MMTR). No próximo sábado, o Cirandeiras vai exibir um curta-metragem de um encontro de repentistas para arrecadar dinheiro para ajudar Soledade nesse período difícil de pandemia. 

Segurança pública e vacinação

Vai e volta a gente coloca aqui algum conteúdo do blog Escrivaninha, que tem feito uma cobertura de segurança bem importante no Ceará. A publicação alerta que a disputa entre facções está interferindo na vacinação de jovens. Em reportagens exclusivas, o blog acompanhou pessoas com medo de irem ao posto de saúde e perdas de vacinas

Aliás, o podcast Por Trás da Mídia iniciou em agosto uma série sobre segurança pública. Dois episódios já estão no ar.

Uma nova fadinha?

2024 é logo ali e já tem skatista alagoana se preparando para disputar as Olimpíadas em Paris. Campeã brasileira, Karolzinha, de 16 anos, treina atualmente no pátio da escola porque falta pista apropriada em Maceió. Assim não dá!

Ameaças ambientais 

O Info São Francisco preparou um mapa que mostra quais são os conflitos existentes há dezenas de anos na foz do Velho Chico e que degradam o patrimônio natural. E a Marco Zero Conteúdo fez o alerta sobre vazamentos de petróleo em Fernando de Noronha. É bom lembrar que a tragédia do derramamento de óleo no Nordeste até segue sem explicações. Ninguém foi responsabilizado pelo maior crime ambiental em extensão já registrado no Brasil.  

Agora, a gente vai ‘simbora’, mas voltamos em breve com uma edição especial para marcar 20 edições da tua newsletter mais frutífera! 

Um cheiro e até a próxima!

Gostasse dessa edição? Espalha por aí 😉

Share

Recebeu esse material de alguém? Assine nossa curadoria quinzenal de conteúdos do jornalismo independente nos estados do Nordeste.

Confira nossas edições anteriores.

Siga a gente no Twitter e no Instagram.